Nissan Versa é lançado no Brasil com preços que partem dos R$ 35.490 | Motor-Mais

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Nissan Versa é lançado no Brasil com preços que partem dos R$ 35.490


A Nissan do Brasil lançou oficialmente o Versa para o mercado brasileiro. O sedan "compacto", que será importado do México, terá como futuro concorrentes o Renault Logan, bem como o Chevrolet Cobalt que já está sendo distribuído no Brasil. O Nissan Veras chega ao mercado brasileiro chega ao mercado com preços que partem dos R$ 35.490, tornando-se uma opção muito interessante no segmento.

O Nissa Versa possui 4,45 metros de comprimento, 1,695 metros de largura, 1,505 metros de altura e distância entre-eixos de 2,60 metros, garantindo assim, um bom espaço interno. O acabamento interno é bem semelhante ao Nissan March. O sedan "compacto" oferece um bom porta-malas, com capacidade total de 460 litros. 
A partir da versão SV, o modelo conta também com rebatimento do encosto do banco traseiro em 60/40.

Todas as versões do modelo utilizam o motor 1.6 litro 16V, mesmo motor utilizado no Nissan March, capaz de gerar 111 cv e torque de 15,1 kgfm. Tal motor vem "emprestado" do Renault Sandero, fruto da parceria Nissan-Renault, devidamente modificado e adaptado à tecnologia flex pela montadora japonesa, equiapdo com transmissão manual de cinco velocidade.
Posteriormente, espera-se a chegada do modelo equipado com transmissão automática, mas ainda não há nenhuma previsão para a sua chegada. 

De acordo com as informações divulgados pela Nissan, a autonomia em meio urbano do Versa é de 8,9 km/l utilizando etanol e autonomia de 13,6 km/l, quando utiliza gasolina como combustível. 
Já o consumo em rodovia, o sedan da marca japonesa tem autonomia de 13 km/l utilizando etanol e autonomia de 18,8 km/l, quando utiliza gasolina. De acordo com marca, além da tecnologia presente no motor, o consumo é beneficiado também pelo baixo peso do modelo, com números que variam entre 1.052 kg e 1.069 kg, bem como pelo baixo coeficiênte de atrito (0.31).


O Nissan Versa chega em três versões, sendo elas: "S", "SV" e "SL".
A versão de entrada (Versão "S"), chega a partir dos R$ 35.490 e vem equipado de série com airbag duplo, trava elétrica, direção elétrica progressiva, ajuste de altura do banco do condutor, computador de bordo, destravamento das portas e do porta-malas sem chave (keyless), alarme, tampa de combustível com abertura interna, console central inteiriço, bem como rodas de aço de 15 polegadas, que utiliza calotas.


Na versão de entrada, o ar-condicionado é oferecido como equipamento opcional, acrescendo o valor em R$ 2.500.

A versão intermediária (Versão "SV"), chega a partir dos R$ 39.990 e vem com os equipamentos da versão "S", acrescendo vidros elétricos nas quatro portas, retrovisor com acionamento elétrico na cor do veículo, maçanetas externas cromadas, ar-condicionado, sistema de som com CD Player 2DIN com RDS, MP3, com entrada auxiliar e conexão para iPod, abertura interna e iluminação do porta-malas.


Já a versão topo de linha (Versão "SL"), chega a partir dos R$ 42.990 e vem com os equipamentos da versão "SV", acrescido de freios ABS com distribuição eletrônica da frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA), faróis de neblina, maçanetas internas cromadas, painel "Fine Vision", bem como rodas de liga leve de 15 polegadas.

O modelo é oferecido em seis cores distintans, sendo elas: Prata Classic, Preto Premium (cor sólida), Azul Onyx, Cinza Titanium, Vermelho Fuji e Branco Aspen (cor sólida).
Com a chegada do Nissan Versa, a montadora ratifica seus planos para consquistar uma maior participação no mercado automotivo brasileiro até o ano de 2014.


Abaixo, vídeo apresentado os detalhes do Nissan Versa:

3 comentários:

fernando - São Paulo-SP disse...

Ô coisinha polêmica né não? E eu que acreditava que o "privilégio" de produzir sedãs compactos(Logan e Symbol) para lá de feios fosse exclusivo da Renault;que nada! Esse Versa ganhou disparado...Ave Maria!

Caio Polo disse...

Fernando, sei que o Versa não é uma unanimidade, mas a frente dele nem é tão feia assim... A questão do modelo é mais o espaço interno que oferece e o "custo-benefício" (repare nas aspas). Abraço!

Anônimo disse...

Gosto é uma coisa muito pessoal e relativa e ficar discutindo isso é uma perda de tempo. Eu fui lá na Nissan e vi o carro de perto. Gostei bastante e é a minha próxima opção quando for trocar o meu atual que já está com três anos.